3 de agosto de 2018

Introdução

Esse é um post especial onde estarei escrevendo diversos artigos explicando como se configurar o OMS (Operations Management Suite) do Azure para monitorar suas aplicações, recursos, storage, virtual machines do seu ambiente Azure e ter total controle.

O OMS é uma suíte completa de monitoramento,

o monitoramento é o ato de coletar e analisar dados para determinar o desempenho, a integridade e a disponibilidade do seu aplicativo de negócios e os recursos necessários. Uma estratégia de monitoramento eficaz ajuda a esclarecer a operação detalhada dos componentes do seu aplicativo.Também ajuda a aumentar o tempo de atividade, notificando sobre questões críticas proativamente para que você possa resolvê-las antes que se tornem problemas.

O Azure inclui vários serviços que individualmente executam uma função ou tarefa específica no espaço de monitoramento. Juntos, esses serviços oferecem uma solução abrangente para coletar, analisar e agir na telemetria do seu aplicativo e os recursos do Azure compatíveis com eles. Eles também podem trabalhar para monitorar recursos críticos locais para fornecer um ambiente de monitoramento híbrido. Compreender as ferramentas e os dados que estão disponíveis é a primeira etapa no desenvolvimento de uma estratégia de monitoramento completa para seu aplicativo.

Passos

Primeiramente, você precisará ativar o OMS em sua assinatura do Azure. Para isso siga os seguintes passos:

Vá no Portal do Azure e clique em Criar Recurso

image

image

image

Aguarde a conclusão da configuração e seu Portal estará pronto para ser configurado.

image

No próximo post, explicarei como configurar a coleta de logs de uma Virtual Machine do Azure e On-Premise.

Alan Carlos